Cascavel lidera autuação de cond. embriagados no interior do Estado

 Compartilhe no Twitter  Compartilhe no Facebook  Compartilhe no Google Buzz  Adicione aos favoritos no Google

 Número foi revelado hoje pelo presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro, durante a Escola de Governo

 

De janeiro a setembro de 2017, o setor de Operações de Trânsito da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) notificou 197 condutores por embriaguez ao volante nas ruas de Cascavel, contra 122 notificações feitas no mesmo período de 2016. No comparativo com outros municípios do Paraná, só fica atrás de Curitiba, tornando-se a primeira no interior do Estado em maior número deste tipo de autuação, que caracteriza infração de trânsito gravíssima, com multa no valor de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano. No caso do flagrante, o motorista ainda responde criminalmente pelo ato. O perfil, na grande maioria, é de jovens na faixa de 18 a 35 anos de idade.

 

"Isso é resultado de uma intensa fiscalização de trânsito e de ações permanentes da Companhia, em parceria com os demais órgãos de trânsito e da atitude austera da administração Leonaldo Paranhos em favor da Lei Seca", ressaltou o presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro, que comandou a prestação de contas nesta manhã (10), durante a Escola de Governo.

 

O setor de operações de trânsito já realizou este ano 2.331 ações, contra 1.833 realizadas no ano passado, entre presença, radar, operações em escolas, bloqueios, blitzes, balada segura, e ações educativas. "Registramos um aumento de 23,6% nos atendimentos realizados à sociedade no comparativo com o ano passado, entre ações para controle de tráfego, ouvidoria, atendimento via Particity/Ouvindo Cidadão, patrulhamento e fiscalização, acidentes atendidos, entre outros, passando de 5.042 em 2016 para 6.232 este ano", relatou Pelissaro, segundo quem "a Cettrans alcança 100% da população de Cascavel, com pelo menos um de seus serviços".

 

Fiscalização e educação

A fiscalização de trânsito também tem surtido efeito educativo nos condutores de Cascavel, segundo Pelissaro. Nos nove primeiros meses deste ano, 66.234.054 veículos passaram pelos radares da cidade. A Cettrans contabilizou um aumento de 22% no fluxo de veículos nesse período e, em contrapartida, uma redução de 42% no cometimento de infrações.

"Podemos atribuir a redução no número de infrações também à permanente Educação no Trânsito", avalia Pelissaro. Somente este ano já foram 8 mil pessoas atendidas diretamente em campanhas como Volta às Aulas; Escola de Trânsito Pedrinho e Rafa e o Projeto Transitando pela Escola.

Também são projetos que ganham grandes adeptos o Agente de Trânsito por Um Dia; a Campanha Dia das Mães, o Maio Amarelo e as formações continuadas, com motoristas da Prefeitura de Cascavel e Agentes do EstaR. A Cettrans também investiu bastante este ano no Projeto Moto Segura, nas Campanha Pé na Faixa e Explicação Botoeira, no Projeto Cidadão em Trânsito e em campanhas publicitárias em parceria com a Secretaria de Comunicação, que intensificaram este ano o alerta para a Lei Seca e os riscos de se associar álcool x direção.

 

Recursos humanos e infraestrutura

Durante a Escola de Governo, Pelissaro fez uma prestação de contas geral da Companhia e mostrou avanços importantes, como no setor de recursos humanos, que com reuniões mensais foi possível reduzir o banco de horas de encarregados e gerentes em 49,4%. No início de janeiro, o banco que estava em 1.378 horas, baixou para 698 horas até 30 de setembro.

O volume de reclamações trabalhistas, que ameaçavam a continuidade da empresa, também foi reduzido. No início deste ano, a Cettrans contabilizava 136 ações em andamento. Dessas, 48 foram liquidadas ao longo deste ano e outras 34 foram julgadas improcedentes. Atualmente, 88 estão em andamento, sendo que 23 estão em fase de pagamento parcelado. Oito novas deram entrada este ano.

A empresa avançou na renegociação de dívidas com o INSS e hoje, de devedora, passou a ser credora do Instituto de Previdência, segundo Pelissaro. Com isso, conseguiu um desconto de R$ 801.321,65 obtido em contratos renegociados, com uma média de 8,9% de economia.

Pelissaro também deu destaque às melhorias nas condições físicas da Companhia, que passou por várias adequações e aos investimentos na frota, que somente com manutenção corretiva já somam mais R$ 64 mil.

 

Licitações

Este ano a Companhia já realizou 24 Pregões e duas Tomadas de Preço, que resultaram numa economia de 33,11% a partir dos descontos obtidos resultaram numa economia total de R$ 613.827,12 em relação aos valores dos editais.

Ainda em 2017 a Cettrans irá licitar a concessão de uso de espaço público como a lanchonete do Aeroporto (20/11), as salas do Terminal Sul (21/11) e a grameira do Aeroporto (em termo de referência ainda).

 

Aeroporto

Alsir Pelissaro também destacou os investimentos que têm sido feitos para melhorar as condições do Aeroporto Municipal Coronel Adalberto Mendes da Silva, como o início das obras de instalação da sinalização/balizamento noturno na nova taxiway de acesso da pista de pouso e decolagens à nova área de hangares do aeroporto e  a criação da Comissão de Gerenciamento de Ruído Aeronáutico (CGRA), em cumprimento à legislação do Comando da Aeronáutica.

Hoje Cascavel conta com sete voos atendidos, com destino a Curitiba e Campinas.

Também foi reativado o caminhão AP-2 CCI em parceria com o Comando dos Bombeiros e investido de cerca de R$ 40 mil entre capacitação e uniformes, além de capacitações para servidores.

 

Polícia Federal e Receita Federal
Houve mudança do administrativo do Aeroporto para um espaço mais amplo e adequado, e da sala de desembarque, assim como da esteira de bagagens. Também foi disponibilizada uma sala para instalação da Polícia Federal e Receita Federal, cujo termo de cessão de uso foi formalizado nesta manhã (10) na Escola de Governo, na presença do delegado da Receita Federal, Paulo Cordeiro Bini, o qual o prefeito Paranhos agradeceu toda a parceria com a prefeitura e o Provopar, "pois sempre nos auxiliam, inclusive agora com doações de produtos, e daqui a pouco com uma frota de veículos, cujo processo está tramitando. A Receita é uma grande parceira", disse o prefeito, que foi questionado pela imprensa sobre a entrega do terminal de passageiros, e ressaltou: "Tem coisas que não é possível fazer de imediato, como entregar o terminal, pois não depende de nossa vontade apenas; mas algo é possível fazer agora pelo Aeroporto, que é melhorar a segurança com a implantação da Polícia Federal e da Receita Federal no local, que é o que estamos conseguindo avançar agora".

 

Acesse a prestação de contas

Pelissaro detalhou todos os investimentos feitos também no Terminal Rodoviário, na divisão de fiscalização de trânsito, no EstaR, no setor de transporte coletivo urbano, na engenharia de trânsito e demais setores da Companhia. Todo o material de apoio utilizado pode ser acessado neste link.

 

Como já é tradição, a Escola de Governo implantada pelo prefeito Leonaldo Paranhos no início do ano, que é realizada no auditório da Prefeitura às terças-feiras, também foi transmitida ao vivo pelas redes sociais.

Data publicação:10.10.2017

Mais Notícias

Data publicação: 11.10.2017