Notícias

 O número de motoristas autuados por embriaguez ao volante subiu quase 90% na cidade de Cascavel no último ano. Dados da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) mostram que entre janeiro e dezembro de 2017 foram 213 autuações, contra 122 no mesmo período de 2016. A realidade aponta para os riscos da combinação entre álcool e direção. Segundo o SOT (Setor de Operações de Trânsito), nesse ano que passou a fiscalização teve de ser intensificada devido ao aumento de condutores flagrados dirigindo sobre o efeito de bebida alcoólica. "Agentes de trânsito e a equipe de Educação da Cettrans têm reforçado os trabalhos de fiscalização e as ações educativas, visando ao combate do hábito de alguns condutores que ingerem bebidas alcoólicas e continuam insistindo no erro de dirigir em seguida, buscando reforçar as ações de conscientização e de humanização do nosso trânsito", detalha o presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro. A partir das abordagens, em 2016 foram encaminhados para a delegacia 54 autuados. Já nesse ano que passou, a Cettrans encaminhou 103 autuados por embriaguez ao volante.  Como consta no Art. 306 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), caso o etilômetro (bafômetro) apresente 0,33 mg de ar expelido pelos pulmões, o infrator deverá pagar uma multa no valor de R$ 2.934,70, que é considerada infração gravíssima, e terá a suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) por 12 meses. Será encaminhado para a delegacia e responderá por crime de trânsito, além da autuação e a suspensão do direito de dirigir. De acordo com Pelissaro, a prática de ingestão de álcool e direção é uma das principais causas de acidentes de trânsito, resultando em vítimas graves e óbitos. Isso reforça a necessidade da existência de uma fiscalização eficiente para que esta ação irresponsável praticada, seja combatida de forma rigorosa.
Data publicação: 10.01.2018
 Número de autuações em 2017 apresentou queda de 5,71% No último dia 5, a Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) divulgou os números de autuações por embriaguez ao volante que mostraram um aumento de quase 90% no ano de 2017 nesse tipo de infração. Porém, na manhã de hoje (10), os dados divulgados pela companhia registram uma queda de 5,71% em 2017 no número geral das autuações. Em 2016 as autuações foram 94.347, enquanto em 2017, caiu para 88.966 autuações.  Para melhor entendimento, as infrações de trânsito podem ocorrer com ou sem abordagem. Se o agente de trânsito ou policial parar o veículo e aplicar a autuação (multa), o motorista deve receber o auto de infração na hora da abordagem e também pode recebê-la em casa; se o veículo não foi abordado, a notificação chegará no endereço cadastrado junto ao Detran. De acordo com o presidente da Cettrans, AlsirPelissaro, “os números mostram que parte dos carros, motos, ônibus e caminhões registrados no município respeitam as leis de trânsito. Desta forma, para continuar a garantir um trânsito cada vez mais seguro, a Cettrans seguirá com o trabalho permanente de melhoria da sinalização, fiscalização e, principalmente, e de educação dos condutores”. A queda nas autuações, segue Pelissaro, é o reflexo das operações e ações educativas realizadas e intensificadas durante todo o ano e "também pela conscientização dos nossos condutores; por isso, em 2018 vamos continuar trabalhando para ampliar a humanização do trânsito".
Data publicação: 10.01.2018
 A Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) está com propostas abertas para o 4° Leilão de Veículos (carro e moto) para circulação e sucata. O edital com as regras foi publicado hoje (10). O leilão presencial e online será realizado pelo leiloeiro Helcio Kronberg no dia 26 de janeiro, a partir das 9 horas, no auditório da Prefeitura de Cascavel; no dia 29 será realizado o leilão de sucatas, esse somente online, às 9 horas. As propostas online serão recebidas exclusivamente por meio do site do leiloeiro no endereço https://www.hkleiloes.com.br até as 23h59 do dia 25 de janeiro. Já os lances serão ofertados presencialmente em auditório e online, por licitantes cadastrados e homologados. Podem se cadastrar tanto pessoa física como jurídica. Não serão aceitos lances encaminhados fora do horário determinado. Serão leiloados veículos e motos que foram removidos de circulação por estarem em desacordo com as normas estabelecidas pelo CTB ( Código de Trânsito Brasileiro) e/ou Legislação Municipal vigente, que se encontram há mais de 60 dias no pátio da Cettrans. Interessados podem fazer o download do Edital de Leilão no site do Leiloeiro ou no Portal da Cettrans, no endereço http://cettrans.com.br. Entre os lotes serão leiloados 20 automóveis e 76 motocicletas em condições de circulação. Em condições de sucatas serão, 13 automóveis e 18 motocicletas. Visitas aos lotes Interessados poderão conferir os lotes nos dias 24 e 25 de janeiro, das 8h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas, no Pátio de Veículos da Cettrans, localizado na Rua da Lapa, n° 1.509, Bairro Ciro Nardi, Cascavel-PR.
Data publicação: 10.01.2018
 A Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) realizou na manhã de hoje (4) mais uma Operação Radar na Avenida das Pombas, no Bairro Floresta. Em uma hora e meia de trabalho agentes de trânsito flagraram 51 veículos transitando acima do limite máximo de velocidade estabelecido para a via, que é de 60 km/h. Um carro chegou a 137 km/h, mais do que o dobro da velocidade permitida no local. Nesse caso o condutor terá suspensão do direito de dirigir por pelo menos dois meses e receberá uma notificação no valor de R$ 880,41, devido à infração gravíssima. “Atendemos o pedido da população de regiões de áreas de grande risco, como essa, por isso os agentes de trânsito têm realizado diversas operações. Temos recebido muitos elogios por parte dos moradores dos locais atendidos. O dever da Companhia é o de zelar pela vida e é esse o nosso trabalho desenvolvido com êxito”, detalha o presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro. Na Avenida das Pombas, principalmente, há constante reclamação dos moradores em relação ao excesso de velocidade e outras infrações de trânsito cometidas pelos condutores. "A Cettrans realiza constantemente este tipo de operação, visando fazer com que os condutores transitem dentro do limite máximo de velocidade permitida para a via, a fim de evitar acidentes e, para que estes não sejam graves, pois o excesso de velocidade está ligado diretamente aos acidentes e ao número de vítimas no trânsito", enfatiza Pelissaro.
Data publicação: 04.01.2018
 Dialogo entre Município e concessionárias definiu reajuste de 2,76% na tarifa do transporte coletivo   “O transporte coletivo é usado pela grande massa trabalhadora e tem reflexos no dia a dia da população, como também tem impacto direto nas empresas e na cidade como um todo”. A afirmação foi feita pelo prefeito Leonaldo Paranhos ao confirmar, na manhã desta terça-feira (2), valor da nova tarifa do transporte coletivo urbano de Cascavel que vai passar dos atuais R$ 3,55 para R$ 3,65 após a publicação do decreto que está em elaboração na Procuradoria Jurídica. A publicação deve acontecer na quinta-feira (4). Paranhos lembrou que em janeiro de 2017, quando assumiu a administração municipal, rejeitou o pedido de reajuste protocolado pelas empresas chegava a casa dos R$ 4,00. "Dialogamos e houve por parte das empresas a sensibilidade em aceitar o reajuste de 7,58%, menor que a defasagem de 2016", lembrou o prefeito, destacando ainda que o reajuste foi aplicado apenas em maio, quando o contrato determinava o reajuste já no mês de janeiro.   2018 Para este ano, mesmo com o acumulado de 2016 e a planilha de custos de 2017, as empresas acabaram protocolando um pedido de reajuste que foi considerado "moderado", de apenas  (2,76%), que vai refletir apenas R$ 0,10. "No diálogo que mantivemos com as concessionárias, fechamos o valor de R$ 3,65 para evitar que a negociação fosse judicializada. Caso as empresas reivindicassem um reajuste maior, pedindo também a reposição dos cinco meses de 2017, a resposta negativa poderia gerar uma demanda judicial e acarretar um reajuste ainda maior ao usuário do sistema", completou o prefeito.
Data publicação: 03.01.2018