Notícias

A Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) está concluindo estudos para transformar as Ruas Nereu Ramos e Jorge Lacerda em binários. A proposta foi apresentada hoje pela manhã (19) para a Associação de Moradores do bairro Claudete, onde estão localizadas as vias. O maior benefício com a mudança é a condição de trafegabilidade, conforme explica o presidente da Cettrans, Jorge Lange. “A comunidade terá vias urbanizadas, que propicia a facilidade de locomoção, com estacionamento nas laterais e outras melhorias, como iluminação pública, segurança para pedestres e motoristas. Essa importante via de entrada da cidade [Rua Jorge Lacerda] deve ser tratada como ela merece”, destaca. O secretário de Serviços e Obras Públicas, Paulo Gorski, diz que as obras nas duas vias devem ser iniciadas a partir do segundo semestre. Pela proposta, a Rua Jorge Lacerda terá sentido sul/norte, enquanto que a Rua Nereu Ramos terá o sentido inverso. O binário partirá do cruzamento das duas vias com a Rua Paraná e segue em sentido único até o cruzamento com a Rua Maria Dolores da Motta. “Já estamos recuperando o asfalto na Rua Jorge Lacerda e depois partiremos para Nereu Ramos”, explica Gorski. O presidente da Cettrans, Jorge Lange, justifica a mudança: “Chegamos a essa conclusão a partir do momento em que uma via começa a ficar estrangulada pelo tráfego. Temos uma região com diversas lojas, escolas, um shopping center e por isso devemos organizar o trânsito. Uma forma de se fazer isso é criar vias de mão única, para ter mais circulação e desafogar o trânsito”. Representando Associação de Moradores do bairro Claudete, Clovis Petroceli, foi favorável a mudança, desde que se conservem as áreas para estacionamento, o que será respeitado, segundo o presidente da Cettrans. “Quem vai ganhar com a mudança é a comunidade, os terrenos terão mais valorização comercial e os empresários terão estacionamento dos dois lados da Jorge Lacerda, isso irá facilitar bastante. Vamos reunir os moradores e empresários para debater sobre o projeto”, diz Petroceli.
Data publicação: 19.04.2010
Após duas semanas de orientação, os agentes da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) começaram autuar os motoristas que não cumprem as regras de trânsito nas ruas do Binário II. Do total de condutores abordados, 34 foram autuados por excesso de velocidade. O caso mais grave aconteceu na Rua Minas Gerais, em que um veículo foi flagrado a 87 km/h, sendo que o limite máximo de velocidade permitido é de 60 km/h. O presidente da Cettrans, Jorge Lange, justifica a aplicação da multa nas ruas que compõem o Binário II. “Quando uma mudança é instalada, as multas por infringir as regras de trânsito já começam a valer. Conscientemente, sinalizamos bem as vias e decidimos fazer um período de orientação aos motoristas. Agora, os agentes estão multando para que os condutores respeitem a velocidade e o restante da sinalização”, destaca. A Operação Radar foi realizada em dois locais. No total, 94 motoristas foram abordados, o que resultou em 78 autuações, dessas 34 eram por excesso de velocidade. Os motoristas também foram flagrados sem o cinto de segurança, no total foram 26 autuações. De acordo com o supervisor de trânsito, Valdecir Martins, no período de orientação, muitos motoristas abusavam do limite de velocidade. “No início, era comum alguns também estacionarem em local proibido, mas cerca de 80% dos motoristas eram flagrados a 70 ou a 80 km/h”, lembra. As multas pelo desrespeito ao limite de velocidade podem variar de infração média a gravíssima, neste caso o motorista soma sete pontos na carteira, deve pagar uma multa de R$ 573,00 e ainda fica um mês sem dirigir. A fiscalização no Binário II será contínua.
Data publicação: 28.12.2009