Notícias

Um ofício solicitando a parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura para a concretização da reforma e ampliação do Aeroporto de Cascavel foi entregue no início desta semana ao secretário de Estado dos Transportes, Mário Stamm Júnior. O presidente da Cettrans, Jorge Lange, confirmou hoje (23) que os valores para a obra estão sendo encaixados no orçamento estadual, a fim de que seja agilizada a elaboração do convênio, o qual deve ser assinado na próxima semana pelo governador Orlando Pessuti. “Ainda ontem (22) foi empenhada uma emenda do deputado federal Eduardo Sciarra no valor de R$ 1 milhão, que será aplicada na construção do terminal de passageiros. Também vamos conseguir mais recursos do governo federal no valor de R$ 1 milhão”, detalha Lange. O Município dará a contrapartida de R$ 4 milhões. No prazo de três meses a Cettrans deve contratar e finalizar os projetos de ampliação. A ideia é iniciar as obras ainda este ano. “O novo terminal de passageiros está sendo projetado por uma empresa de Londrina. Tão logo isso esteja pronto, vamos iniciar as obras. A ampliação da pista vai resultar de uma parceria entre o DER e a Prefeitura”, explica Lange. O ofício descreve competências de cada parceiro. Ao Município, caberia arcar com os projetos do terminal de passageiros, a extensão da pista em 130 metros, bem como cabeceiras de concreto; a construção do terminal de passageiros de 1.800 metros quadrados e a implantação de sinalização noturna. Já o Governo do Estado se comprometeria em garantir o fornecimento de brita para execução da pista – no valor de R$ 587 mil -; o fornecimento de massa asfáltica para a pista – no valor de R$ 1,185 milhão -; o fornecimento de emulsão – no valor de R$ 135 mil -; a implantação de sinalização horizontal – no valor de R$ 143 mil -; a execução de recapeamento (máquina e serviço de engenharia) – no valor de R$ 800 mil e a execução de cabeceira de concreto – no valor de R$ 1,150 milhão. Terminal e Pista Mensalmente o Aeroporto de Cascavel atende cerca de 6,5 mil passageiros. A expectativa é de ampliar essa demanda, além de gerar a instalação de novas empresas aéreas. “O terminal de passageiros terá uma área três vezes maior que a existente. Já a pista, terá condições de receber aeronaves de grande porte. Com isso, temos a possibilidade de atrair novas empresas, que operam com jatos, trazendo economia e, consequentemente, maior número de passageiros”, confirma Lange. O novo terminal terá sala de embarque com maior capacidade, esteira, área de inspeção de bagagem, sala de controle de crise, espaço específico para o treinamento de segurança. Além do projeto arquitetônico, a empresa Silvestre Arquitetos, de Londrina – contratada por R$ 80 mil – também fará os projetos complementares, como o elétrico, hidráulico, prevenção de incêndios, entre outros. A pista do Aeroporto terá 1.730 metros de comprimento, por 45 metros de largura. Nesse padrão, aeronaves do porte do Boeing 737-700, modelo que opera, por exemplo, no Aeroporto Santos Dumont, poderiam decolar e aterrissar em Cascavel. Luta pela Ampliação Desde o início da gestão do prefeito Edgar Bueno a Cettrans vem buscando solucionar a situação do Aeroporto de Cascavel. Inicialmente, de acordo com Lange, foi preciso contratar uma empresa para comprovar a viabilidade da reforma e ampliação. “Contratamos o projeto, por meio da H & S Serviços Aeronáuticos, de Curitiba. O estudo foi embasado na estrutura existente de Cascavel, cumprindo as exigências da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil)”. O projeto foi apresentado no fim de 2009, quando também se iniciou a busca de recursos. “Ainda em dezembro daquele ano, conseguimos uma verba federal importante para realizar a ampliação do terminal de passageiros”, disse Lange. O estudo foi fundamental para o anúncio da parceria entre Governo do Estado e Município. “Primeiro traçamos uma estratégia para conseguir fomentar os recursos. Agora que isso foi concretizado, daremos sequência na finalização dos projetos e, ainda este ano, iniciamos as obras”, conclui Lange.     Fonte: Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Cascavel
Data publicação: 23.06.2010