Notícias

 A Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) renovou, a partir de hoje (28), o contrato com a empresa vencedora da licitação para a implantação e administração dos parquímetros na área do EstaR (Estacionamento Regulamentado) em Cascavel, que venceu no último sábado (26). Com isso, a Tecnopark Soluções, de Curitiba, ficará mais seis meses à frente dos serviços. A decisão foi tomada, segundo o presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro, a partir do cumprindo de algumas exigências por parte da empresa, que manteve reunião com a diretoria jurídica e financeira da Companhia no sábado (26). Neste período, o Município analisará o serviço e terá tempo hábil para elaborar uma nova licitação, cuja modalidade a ser contratada está em estudo. "Fizemos um relato dos erros que os equipamentos apresentavam e das necessidades de modernização que sentimos do serviço, pedimos a manutenção e a troca dos equipamentos danificados e,  sem custos adicionais ao Município, a empresa deixará todos em funcionamento, com a devida manutenção, além de instalar o aplicativo que moderniza  o sistema de oferta de vagas, o Estacione Cascavel, que já conta com 4 mil usuários", detalha Pelissaro. A licitação foi realizada no dia 20 de dezembro de 2013 e sofreu aditivos em 2016. Hoje a empresa recebe R$ 35,61 por vaga. São 1.872 no total. Dos 254 parquímetros, a Tecnopark substituiu 13 e disponibilizou ainda 40 monitores para auxiliar os condutores a utilizar tanto o aplicativo como também tirar dúvidas do serviço. "Por recomendação do prefeito Leonaldo Paranhos, 30% dos monitores (de dez a 12 pessoas) serão ambulantes que atuam na área do antigo Calçadão e que precisam de outra oportunidade de emprego", acrescenta o presidente da Cettrans.   Aplicativo Além das tradicionais moedas e do chaveiro (boton), hoje para estacionar no EstaR o condutor pode aderir também ao novo sistema acessando o portal www.estacionecascavel.com.br ou baixando o aplicativo "Estacione Cascavel", disponível no Google Play e no App Store. Por meio do cadastro no sistema, é possível comprar créditos e também fazer a regularização das notificações, via portal ou aplicativo.  O novo sistema possibilita, além da compra de crédito, a visualização da possibilidade de vagas disponíveis. Há um mapa de todas as vagas da cidade, que são alimentadas pelos atendentes, na medida em que são potencialmente liberadas.
Data publicação: 28.08.2017
Ação educativa durante toda a manhã desta quarta-feira (23), reuniu agentes da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Transito), Cotrans (Comitê de Trânsito), PRF, PRE, PM, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e o Centro A (Associação dos CFC de Cascavel). O objetivo foi instruir condutores sobre a nova sinalização de trânsito de Cascavel que implantou o chamado "Looping de Quadra”, já que a conversão à esquerda não é mais permitida em toda a extensão da Avenida Brasil por conta das modificações impostas pelo PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado).  Durante a ação, mais de 70 pessoas foram distribuídos nos cruzamentos para orientar os condutores, com auxílio de folhetos, sobre o procedimento correto e seguro diante das modificações. "Para que haja fluidez e respeito no trânsito é importante estar atento à sinalização", alertou o  presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro, lembrando que a multa para quem não respeitar a placa "de proibida a conversão à esquerda', é de R$ 195,23, além de perder cinco pontos na CNH.  Segundo a Educadora de Trânsito da Cettrans, Luciane de Moura, “Cascavel está em crescimento constante, tanto de pessoas quanto de frota de veículos, assim as intervenções da engenharia proporciona um trânsito seguro e que oferece possibilidade para todos transitarem utilizando o meio de transporte que mais lhe convier, mas, para isso, todos devem respeitar às lei de trânsito e também praticar a gentileza, muito necessária para um trânsito tranquilo”.  De acordo com o Coronel Avelino José Novakoski, diretor da Guarda Municipal, “é importante que todas as forças policiais, bem como a sociedade estejam unidas em favor da segurança como todo". Novakoski lembrou que "esse foi um dos primeiros eventos que estamos trabalhando todos juntos, mas outros ocorrerão e com certeza diminuiremos os acidentes de trânsito e também conseguiremos mais paz em nossa cidade”.  A Cettrans agradece a todos envolvidos nesse evento, pois, dedicaram parte do seu tempo, desde o planejamento até a execução. Assim, espera-se que a sociedade compreenda que é possível fazermos um trânsito mais humanizado.
Data publicação: 23.08.2017